Páginas

domingo, 28 de abril de 2013

FINAL DE SEMANA POR AQUI!!

Sexta e o sábado são nossos dias de folga aqui, a sexta sagrada começa as dar o ar da sua graça apos o meio dia, eu particularmente adoro esse silencio que se instala pela cidade pois não vemos mais isso no Brasil. Na sexta fomos a visita guiada em português na exposição  OLYMPICS – Past & Present  segue o site para dar uma olhadinha...http://www.qma.com.qa/en/slide-show/740-olympics-past-and-present  para os amigos de Doha fica a dica, o acervo esta lindo e didaticamente muito bem montada.
Meus amigos sabem que eu adoro um guia (aqueles da 4 rodas), um roteiro, colunas de jornal algo meio Veja Comer e Beber e Veja Sao Paulo...aqui não seria diferente temos a Time Out Doha revista mensal com dicas culturais, gastronômicas e de turismo afinal todo mundo precisa de uma "boa" dica. Sábado seria guiado pelas dicas da revista de abril - Qatar's Top Free Beaches, sim queríamos saber onde o povo vai, como e a praia aqui, afinal estamos no litoral...antes precisavamos saber quais as regras para se ir a praia, afinal não basta colocar o maio,o chinelo e uma canga, não aqui nada e simples assim.Eu sei vc já deve estar pensando que comprei um burquini, não! E também não vi nenhum desfilando pelas praias,a própria revista já te avisa que vc deve estar coberto dos ombros ate os joelhos, simples não acha? Eu achei perfeito! Nao se preocupe com celulite, gordurinhas... e a depilação? Esqueça tudo isso e se entregue a uma bermuda e uma camiseta básica, de preferencia escura (para não ficar transparente) caso vc realmente resolva entrar no mar. Ah! só  mais um detalhe, proteja os pés, alem das pedras aqui ainda tem o "peixe pedra", que pode ser mortal caso vc pise nela...nossa, super animador não acham?
Colocamos nosso trajes mais que discretos, os meninos saíram ate de tênis,colocamos as coordenadas no GPS, sim ninguém pode ser feliz aqui sem um desses...primeira parada Abu Dhalouf Beach em Al Ruawais, mais ou menos uns 100km de Doha,segundo a revista um lugar com estrutura, um parque com sombras(a coisa mais importante aqui!)wcs. Ah, só permitido para famílias. O dia amanheceu nublado e já tinha chovido logo cedo, mas fomos mesmo assim, achamos sem dificuldades, um portal, jardins floridos mas... eis que não tinha viva alma no lugar, a não ser funcionários limpado o já impecável local... a mare estava baixa e o mar muito distante (vejam nas fotos) os meninos resolveram entrar e ir ate la molhar os pés, sentei na mureta, tirei umas fotos e eles meio que sumiram...quando do nada o segurança (ele não nos viu entrar) aparece, muito educado mas ao mesmo tempo firme e me avisa que a praia e só para famílias, eu no meu mais perfeito inglês de mimica mostro que la distante estão meu marido e meu filho, ele meio cabreiro disse um ok e foi pro seu posto...mas senti que os funcionários ficaram observando de longe...quando os meninos voltaram quis sair dali rapidinho, não gostei não.


Na foto que a revista trazia tinha uma observação, dizendo que se vc fosse a Abu Dhalouf não perdesse a oportunidade de comer as melhores fatayers (esfihas) do Qatar, vejam bem, as melhores do pais...tinhamos que procurar, não iriamos perder a viagem...ai que a coisa pegou, a revista não deu endereço nem coordenadas, aqui ninguém conhece nada pelo nome, ainda mais num lugar pequeno e sem ninguém na rua, refizemos o caminho varias vezes, perguntamos e nada, já estavamos quase desistindo quando pedi ao Manfredo que passasse pela rua cheia de pequenos comércios, bingo!
Inacreditável  o que estamos vendo...um daqueles lugar bem muquifos(aqui tem vários), fui dizendo pro Fred olhe nos no afghan brothers!! Ele mais que rápido me corrige, não mãe são os turkey brothers...ahahah, Acham que desistimos? Claro que não ! Entramos,os meninos na frente e por fim eu, na verdade acho que fui a primeira mulher a entrar naquele minusculo espaço com uma fornalha ligada, uma bancada com uma massa  M A R A V I L H O S A  sob o balcão, quatro turcos grandalhões trabalhando e três mesas com quatro cadeiras cada, no fundo se via a cozinha, um bilhete avisava para não entrar la, bagunçada sim mas suja não, fizemos o pedido e um dos turcos perguntou umas duas vezes se comeríamos mesmo ali...acho que diferente da praia aquele não era um lugar muito frequentado por famílias...mas valeu, pena ser tao longe pois as fatayers são mesmo maravilhosas, o cheiro da comida e uma coisa de louco! Pedimos para tirar uma foto e o menino ficou tao feliz..adorei! 


Depois da comilança, fomos conhecer outra praia,seguimos para Al Khor, tem uma bem urbana que não gostamos e por fim nosso GPS já estava esgotado e fez uma escolha meio aleatória..ahaha brincadeira, como tudo aqui, obra e mais obra, as ruas surgem da noite para o dia, e outras somem para dar lugar a outra coisa. Chegamos em Farkeeh Coast, uma paisagem inusitada, meio praia meio deserto, muito bem estruturada com sobreiros, churrasqueiras, wcs, parquinhos, funcionários limpando os banheiros e recolhendo os lixos,cercas e seguranças...muitas famílias aproveitando a tarde e outras tantas chegando, o sol já se fazia presente mesmo que discreto.O mar e lindo, a mare subindo rapidamente, um fundo meio lodoso e com pedras... Perfeito de mais! Fiquei imaginando o vendedor de camarões e ovo de codorna gritando, a tia do caldinho dançando , aquele tiozinho que vende CD pirata com um som de se ouvir no 28 andar, que saudades de Boa Viagem...ahahah
Mas aqui se sentia um pouco de vida, crianças (aqui eles tem muitas!) aproveitando um pouco da natureza, mas ainda assim de uma forma regrada de mais para nossos padrões, eu sei, em Roma como os romanos...Mas meia fina na praia já e um pouco de abuso!Nem vou falar do resto... Agora consigo entender melhor por que as crianças aqui tem um comportamento mais agitado que a maioria das outras.
Valeu o final de semana!!


OBS: clique nas fotos para ver melhor e desculpem a falta/falha de acentos, meu pc não esta muito bem..ahah